VW trará Amarok cabine simples em janeiro para levantar vendas

A Volkswagen ainda não decolou com as vendas da Amarok. Talvez seja por conta do alto preço que cobre pelas duas versões vendidas no Brasil, ambas cotadas acima dos R$ 100 mil na tabela.

Para tentar mudar esta realidade e deixar a picape mais acessível, a VW planeja começar as vendas da Amarok cabine simples já em janeiro de 2011. O carro foi apresentado para o público brasileiro no Salão do Automóvel de São Paulo. Ainda não foi definido com quais equipamentos e motores a picape será oferecida.

Porém, o preço deverá ser competitivo. A Volkswagen não está gostando nada da surra que tem levado da concorrência nas vendas de sua primeira picape média mundial.

Confira os superesportivos que você não pode deixar de ver no Salão

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Blogcarro

Audi quer aumentar vendas e lança o A1 por R$ 89.700

Desde o ano passado a Audi tem se mostrado muito mais agressiva em sua política de vendas no país. Agora, a marca lança no país o seu carro de apelo mais popular (se é que dá para usar popular para Audi), o A1.

O carro, que foi apresentado recentemente na Europa, virá para o país custando a partir de R$ 89.700. Um valor bastante salgado se for olhada a concorrência, mas no caso da Audi será o seu carro mais barato.

Assim como acontece na Europa, no Brasil o A1 deverá brigar diretamente nas vendas com os Mini Cooper. Este é o foco da Audi. Inicialmente será vendida apenas uma versão de acabamento do modelo, equipada com o propulsor 1.4l TFSI de 122 cavalos de potência e câmbio automático S-Tronic de sete velocidades.

Com 3,95 metros de comprimento, o A1 é um pouco maior que o Mini Cooper e bem mais curto que o irmão mais velho A3, que mede longos 4,70 metros. Em se tratando de altura, mais vantagem para o modelo alemão, com 1,74 metros (contra 1,70 do compacto inglês).

O Audi ganha novamente do Mini no tamanho do porta-malas, esbanjando bons 267l contra fracos 160l do Cooper. Finalizando o duelo de dimensões, ambos os modelos empatam no quesito entre-eixos, o mais importante para definir o espaço interno do veículo: são 2,47 m.

Suzuki quer abrir fábrica no Brasil em 2012 para fazer o Jimny. Será?

Essa notícia pegou o pessoal do blog de surpresa. É até dificil de acreditar que seja verdade. Em todo caso, o grupo Souza Ramos, representante da Suzuki no Brasil, afirmou no Salão do Automóvel de São Paulo que pretende abrir uma fábrica no Brasil em 2012.

Porém não há nada definido. Não há uma cidade escolhida, uma planta, um projeto, o valor que será gasto, … enfim, nada. Somente a afirmação acima. O grupo vai além e fala em uma fábrica capaz de produzir já em 2012 3.000 unidades do Jimny, seu menor jipe. Atualmente são vendidos no país o jipinho Jimny, o Grand Vitara e o SX4.

Vale lembrar que na década de 90 a Suzuki tinha vendas razoáveis no Brasil, mas resolveu de uma hora para outra abandonar o país deixando um monte de compradores órfãos.

SsangYong traz ao país o novo Korando por R$ 90 mil

A SsangYoung já está no Brasil há algum tempo. Porém, ao contrário de suas conterrâneas Kia e Hyundai não conseguiu decolar nas vendas. Talvez por conta do desenho exótico dos seus carros. Que para nós do Blog tem cara de bode.

Agora a marca traz para o Brasil a nova geração do Korando C, crossover recentemente apresentado lá fora que estabelece uma nova fase para o fabricante. O SUV chegará em março em duas versões a diesel e uma a gasolina.

A representante da marca, a Districar, espera vender em 2011 10.000 unidades do Korando C. A versão de entrada com motor a diesel custará R$ 90.000, chegando aos R$ 105.000 com todos os opcionais.

Peugeot 3008 chega ao Brasil com preços a partir de R$ 79.900

A Peugeot anunciou hoje no Salão do Automóvel de São Paulo o início da comercialização do seu crossover 3008 no Brasil. O preço até que pareceu camarada. Irá começar em R$ 79.900 na versão chamada Allure  e R$ 86.900 na versão Grife, que chega por R$ 86.900, ambas com câmbio automático sequencial de seis marchas.

Por este preço o carro da Peugeot chega bastante completo, com ABS com EBD, air-bag, ar-condicionado digital, rodas de liga leve, faróis de neblina, entre outros equipamentos. O motor será 1.6 turbo, capaz de render bons 156 cavalos de potência. Os carros estarão disponíveis nas redes de concessionárias da marca a partir da segunda quinzena de novembro.

Seat tem estande no Salão de SP. Será que desta vez a marca vem?

A Volkswagen é engraçada. Pelo terceiro (se não me engano) Salão de São Paulo consecutivo a marca trouxe um exemplar da Seat para a mostra. E, mais uma vez, ninguém sabe o que o carro está fazendo ali. O modelo escolhido até que é bonito. Se chama Ibiza Cupra.

Chega a ser hilário ver um carro parado no estande com uma modelo do lado desconsolada. O discurso da assessoria da Volks é o mesmo das edições anteriores: estamos analisando a reação do público para saber se trazemos o carro. Na prática, é bem improvável que o carro venha para o Brasil.  Coisas do Salão de S. Paulo.

%d blogueiros gostam disto: