Vorax: o primeiro superesportivo feito no Brasil

O Brasil vive realmente um bom momento econômico. Prova disso, é que nunca tivemos tantas marcas estrangeiras querendo vir para o país.
Além disso, os brasileiros agora poderão se orgulhar do seu primeiro superesportivo. Pelo menos, de um protótipo dele. O nome escolhido foi Vorax.
O projeto nasceu há três anos, fruto de um sonho do designer Fharys Rossin, ex-funcionário da GM em Detroit (EUA) e um dos projetistas do Camaro.
Natalino Bertin Junior, presidente da Platinuss (importadora de outros supercarros como Pagani, Spyker e Koenigsegg) e sócio de Rossin, diz que já investiu R$ 30 milhões no projeto de design e engenharia do Vorax.
A empresa tem oito investidores brasileiros e três estúdios de design em São Caetano do Sul (SP). Tudo para bancar a construção de uma fábrica em Blumenau (SC). Bertin diz que já há revendedores interessados no Vorax na Europa e nos EUA.
O grupo planeja vender 50 carros no primeiro ano e 300 por ano a partir de 2017. No país, custará R$ 700 mil, preço de esportivos como Porsche 911 Turbo e Audi R8 V10.
Vamos esperar para saber se desta vez um carro com alma brasileira ganha as ruas.
Informações: Folha de S. Paulo

3 Responses to Vorax: o primeiro superesportivo feito no Brasil

  1. antonio fernandes martins disse:

    gostaria de especificação tecnica.

  2. Lex disse:

    Acho muito caro um carro feito nacionalmente sendo o primeiro, espero que ele ofereça mais que o necessario

  3. Alexandro disse:

    Adamo,miura,puma,eram o que

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: