Renault divulga equipamentos e preços do Fluence na Argentina

Com direito a presença da presidente Cristina Kirchner, a Renault apresentou oficialmente na Argentina o sedã Fluence, que substitui o Renault Megane. Por aqui, o modelo deverá chegar até fevereiro.

Na Argentina são cinco versões. A de entrada chama-se Confort e vem com motor 1.6 litro de 16V de 110 cv e câmbio manual. Seu preço: 86.900 pesos argentinos, ou o equivalente e R$ 37 mil.

A lista de equipamentos de série da Confort inclui freios assistidos por ABS, assistência de frenagem de emergência, airbags frontais duplos, MP3 player, computador de bordo, vidros elétricos nas quatro portas, com função anti-esmagamento e espelhos retrovisores externos elétricos e com desembaçamento automático.

As outras quatro opções vem com motor 2.0 l de 16V e 143 cv. A Dynamique é a mais simples e custa a partir de 100.900 pesos argentinos (cerca de R$ 43 mil).

Sua lista de itens de série inclui, além dos equipamentos da Confort, airbags laterais e tipo cortina, console central com apoio para braços, faróis auxiliares, rodas de liga leve de 16 polegadas, chave tipo cartão e acionamento do motor por meio de botão.

O Fluence Luxe traz a mais ar-condicionado de duas zonas de climatização, com saídas traseiras, sensores crepusculares e de chuva, teto solar elétrico, além de sistema de áudio com saída USB e conectividade Bluetooth. Seu preço: 108.500 pesos (aproximadamente R$ 46.600).

O Fluence Pivilège é oferecido com câmbio manual, por 121.500 pesos (R$ 52 mil) ou automático CVT de seis marchas, por 127 mil pesos (R$ 54,5 mil). Com alavanca mecânica, o pacote de equipamentos é incrementado com ESP, controle de tração e ASR, navegador via satélite, sensor de estacionamento, revestimento de couro nos bancos, sistema de áudio premium e limitador de velocidade.

Há ainda espelho retrovisor interno eletrocrômicro e externos com aquecimento. Com alavanca CVT, o sedã vem ainda com rodas de liga leve de 17 polegadas.

O Renault Fluence será lançado no Brasil este fim de ano (Fotos: Blogcarro)

Renault Fluence já roda em testes no Brasil

Sedã médio da Renault tomará o lugar do Megane (Fotos:Best Cars)

A verdade é que a Renault não fez muita questão de esconder que o seu Fluence, o sucessor do Megane, está rodando pelo país. Os flagrantes foram feitos na saída da fábrica na região metropolitana de Curitiba, no Paraná.

Aparentemente o carro terá as mesmas linhas do sedã já fabricado na Turquia (veja a galeria de fotos do carro). Porém, o sedã que será vendido aqui no Brasil será fabricado na fábrica argentina de Córdoba. Enquanto que o atual Megane é feito no Paraná.

As medidas do Fluence até que são generosas. O carro tem 4.620 mm de comprimento, 1.809 mm de largura, 1.470 na altura e 2.702 no entre eixos.

Na Turquia, o Fluence é produzido com dois motores. O menor deles será de 1.6 L, capaz de gerar 110 cv. O maior será um 2.0L com 140 cv. A transmissão poderá ser automática ou manual.

O carro deverá ser lançado por aqui na virada do ano. É bem provável que seja visto no próximo Salão do Automóvel de São Paulo.

Renault confirma Fluence (novo Mégane) elétrico

fluence_08

A Renult decidiu entrar pesado na era dos carros elétricos. Depois de anunciar a produção dos elétricos Twizy, Zoe e Kangoo agora ela mostra seus planos para a fabricação do Fluence à baterias. O carro será feito na fábrica de  Bursa, na Turquía.

No Brasil, o Fluence irá substituir a atual geração do Mégane. Porém, como a nossa política de combustível alternativo é o álcool e não a eletricidade dificilmente o carro chegará ao país.

Os dados oficiais do Fluence elétrico ainda não foram divulgados. Porém, as informações da versão conceitual do modelo foram apresentadas no Salão de Frankfurt. O conceito tinha uma autonomia de 160 km, velocidade máxima de 140 km/h, 95 CV de potência e 327 litros de porta-malas.

fluence_02

A Renault revelou que o Fluence elétrico terá as três possibilidades de bateria exibidas no protótipo exposto no salão. Uma básica que pode ser carregada em casa em 4 a 8 horas, uma carga rápida de 20 minutos e uma terceira carga rápida de baterias, possivelmente feita em postos adaptados em 3 minutos.

O Fluence Z.E., como deve ser chamado, estreia na primeira metade de 2011 e as primeiras unidades seguirão para Israel e Dinamarca, países onde já existe uma extensa rede elétrica. Outros países receberão o modelo mais para o final de 2011.

big_RenaultFluenceimmaginiufficiali_02

Confira galeria do futuro Renault Mégane nacional

fluence_01

A Renault divulgou ontem mais imagens do seu sedã Fluence, que para nós será a próxima geração do Mégane. O carro será fabricado na Argentina já no ano que vem e logo depois começará a ser vendido aqui no Brasil.

Confira abaixo novos ângulos do sedã:

Renault Fluence será o próximo Mégane no Brasil

big_renaultfluenceimmaginiufficiali

Agora é oficial, o Renault Fluence da foto acima será o próximo Megane no Brasil. A informação foi revelada hoje por executivos da marca francesa no Salão de Frankfurt.

O carro será produzido na Argentina e deve chegar ao Brasil até o final de 2011. O carro foi desenvolvido especialmente para os mercados emergentes. E além do país vizinho ele será montado também na Turquia e Rússia.

big_renaultfluenceimmaginiufficiali_01

Renault Fluence ou próximo Mégane brasileiro?

Este deve ser o Megáne para países de 3º Mundo (Fotos: divulgação)

Este deve ser o Megáne para países de 3º Mundo (Fotos: divulgação)

Na Europa, o Renault Mégane mudou há menos de um ano e ganhou status de classe superior. Chegou à sua terceira geração. Cresceu em tamanho, ganhou linhas arrojadas, um vasto pacote tecnológico e refinou sua mecânica.

Mas o carro ficou mais caro, dizem os franceses. E completam que isso o impossibilitaria ser lançado em países fora do potencial econômico da Europa.

Agora, o pessoal da Renault lança o Fluence, uma versão menos sofisticada, menos tecnológica, com desenho mais simples e barato que o Mégane de lá. Alguém tem dúvida que será o próximo Mégane nacional?

Novo sedã da Renault será apresentado no Salão de Frankfurt

Novo sedã da Renault será apresentado no Salão de Frankfurt

O carro low-price da Renault será produzido na Turquia, país responsável por fabricar os carros de baixo preço e em grande escala da fabricante francesa.

As medidas do Fluence até que são generosas. O carro tem 4.620 mm de comprimento, 1.809 mm de largura, 1.470 na altura e 2.702 no entre eixos.

Veículo será fabricado na Turquia com dois motores, um 1.6 e outro 2.0

Veículo será fabricado na Turquia com dois motores, um 1.6 e outro 2.0

Na Turquia, o Fluence será produzido com dois motores. O menor deles será de 1.6 L, capaz de gerar 110 cv. O maior será um 2.0L com 140 cv. A transmissão poderá ser automática ou manual.

Interior é mais simples que o Mégane europeu, mas ainda moderno

Interior é mais simples que o Mégane europeu, mas ainda moderno

O interior do carro ficou bem mais simples que o Mégane vendido atualmente na Europa, e mais sofisticado que a versão produzida aqui no Brasil. Pelo menos na Turquia, o veículo poderá sair já com tela para GPS.

Se o Fluence será o próximo Mégane nacional só o tempo dirá. Se as vendas do atual modelo forem levadas em conta, este carro não deverá demorar a chegar.

O engraçado é que logo depois do lançamento do Mégane aqui, a própria Renault afirmou que havia errado ao lançar o carro sem as atualizações que havia feito na Europa. Naquela época, o veículo já havia recebido uma reestilização no velho continente. Agora, a marca pode cometer o erro pela segunda vez.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.149 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: