Nissan tira Pathfinder, X-Trail e Murano do mercado

Alguns anos atrás, o utilitário Pathfinder rivalizava com o Jeep Cherokee no imaginário de milhares de adolescentes brasileiros como carro de desejo. Muitos marmanjos e jogadores de futebol com direito suficiente para ter um faziam questão de desfilar com os seus brutamontes pelas ruas.

A Nissan era vista como uma marca desejada e cobiçada por causa do seu Pathfinder. Eis que chegam os anos 2000, mudanças no câmbio, taxação maior sobre os importados e tanto Pathfinder quanto Cherokee deixam de ser carros tão acessiveis.

O tempo tratou de deixá-los escassos nas ruas. Tanto Jeep quanto Nissan também mudaram de foco. A primeira se associou com a Mercedes-Benz, a segunda passou a apostar em Tiida, Sentra e Livina.

O resultado disso é que a Nissan anuncia agora que não vai mais trazer para o Brasil a Pathfinder. Além dela o crossover Murano e o X-Trail. Estes dois últimos eu não vejo nas ruas há muito tempo. 

O motivo não foi revelado. Nem precisava. O Pathfinder vendeu 140 unidades nos seis primeiros meses de 2010, e apenas uma em junho.

O X-Trail, por sua vez, vendeu 133 unidades entre janeiro e junho ao preço de R$ 85.750, cada ,sendo que no último mês foram comercializadas apenas 5 unidades. Já o Murano teve apenas 15 unidades vendidas em todo o ano de 2010 (R$ 134.271).

O Pathfinder, na variante SE 4.0 V6 de 266 cv, tinha preço a partir de R$ 114.854. Bem mais barato que Toyota Hilux e Ford Edge, por exemplo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: