Novo luxuoso VW Phaeton. Será que agora vai?

A primeira aventura da Volkswagen no mundo dos carros luxuosos foi com o Phaeton lançado em 2002. O carro tinha bons atributos como a plataforma do Audi A8 e um potente motor W12.

Porém nem esses aspectos foram capazes de tornar esse VW um sucesso de vendas. Até porque comercializar carros na faixa de BMW e Mercedes-Benz pareceu muito pretencioso para a marca famosa pelo Fusca, o carro popular.

O tempo passou e a VW reforçou os lançamentos voltados para o mercado de luxo com o Touareg e até mesmo o Passat (cada dia mais requintado). Agora, a marca resolveu apresentar a segunda geração do Phaeton e quer com ela dar a volta por cima no segmento.

O local escolhido para o lançamento foi apropriado. A China, que além de ser um país aberto a novas experiências costuma jorrar dinheiro pelo ladrão.

Do lado de fora, o mau sinal foi que o carro não mudou quase nada. Tive que buscar na internet o modelo anterior para perceber o que era de novo.  O carro está mais encorpado e dianteira e traseira ficaram mais harmoniosos e limpos.

As características marcantes do carro continuam a ser o conforto e a tecnologia. Todos vem com tração integral e ar-condicionado de quatro zonas de série, por exemplo.

Sua nova frente traz faróis bixenônio de série com luz indicadora de seta composta por LEDs e controle dinâmico da iluminação baseado em monitoramento por câmeras, além de sistema de navegação que pode ser integrado com dados fornecidos on-line pelo Google.

Por meio de uma câmera na dianteira, o Phaeton agora reconhece sinais de tráfego e mostra informações na tela, como limite de velocidade.

O Phaeton chega com três opções de motores: V6, V8 e o famoso W12 com potências que vão de 240 cv (cavalos) a 450 cv a gasolina e turbodiesel.

Dentro vida de rei para os ocupantes. O carro conta até com uma geladeira embutida no banco traseiro.

A nova geração, assim como a anterior, poderá ter uma versão esticada. Serão 12 centímetros a mais com uma galeria de personalização dos materiais utilizados.

O carro chegará em junho na Europa e as ruas da China em agosto. O Brasil, a princípio, não está na rota do Phaeton.

O preço também não foi anunciado. Mas pelos itens do carro não dá para esperar algo muito mais barato que Audi A6, BMW Série 7 e Mercedes Classe S. E ai que mora o perigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: