Teste Blogcarro: Ford Focus 1.6l 16v Flex hatch

Ford lança o Focus 1.6l Flex Sigma por R$ 49.900 (Fotos: Blogcarro)

  Feliz 2010 para todos!!! Para comemorar a chegada do novo ano, o Blogcarro estreia uma nova coluna. É o Teste Blogcarro. E como o nome já diz, vamos testar os principais carros do setor para dar a você opções de escolha. Contamos com a sua participação também para deixar comentários sobre as qualidades e defeitos dos carros.

 O teste inaugural foi feito com o novo Focus 1.6 Flex equipado com motor Sigma, que ainda não chegou às concessionárias (ele dará as caras só no dia 20). Então vamos lá, espero que vocês gostem:

 A nova geração do Ford Focus já não desperta tanta curiosidade, já que está entre nós há mais de um ano. Por isso, passear com o Focus equipado com o motor 1.6l 16v Sigma foi tranquilo, sem assédio.

Somente um detalhista iria notar as novas rodas aro 16 e um discreto adesivo colado no vidro traseiro com a palavra flex .

Porém, o maior trunfo do carro está escondido debaixo do capô. É o motor Sigma 1.6 16v flex que fará sua estreia nas concessionárias em 20 de janeiro.

E, como vamos ver mais abaixo, a novidade vai empolgar aqueles que gostavam do carro, mas não tinham coragem de optar  pelo possante e um tanto beberrão motor 2.0 Duratec. Disponível apenas a gasolina (o 2.0 flex chega em fevereiro).

 

Quando fiquei sabendo do lançamento do carro equipado com a nova geração de motores, o Sigma, confesso que não me empolguei com os números declarados pela Ford.

Afinal de contas, anunciaram que o motor vinha com duplo comando de válvulas, acelerador com comando eletrônico, pesando apenas 79 kg e com bloco, cabeçote e cárter feitos em alumínio.

Na teoria tudo muito bonito e  mais atual que o Rocam. Porém, mesmo com toda essa tecnologia e toda a publicidade, o novo propulsor rende 110 cavalos com gasolina e 115cv no álcool, segundo a própria Ford. Uma miséria, pensei.

Tanto que o atual Rocan, que equipa a versão antiga do Focus, já rende 109 cavalos com gasolina e 111 cv com álcool. Ei Ford, cadê os cavalos deste motor? 

A Ford justificou a baixa potência por causa do compromisso com as baixas emissões de poluentes, preocupação com os níveis de ruído entre outros fatores.

Por conta disso, fiquei com a pulga atrás da orelha na hora de testar o carro. Pensei que poderia estar diante de um grande mico. Afinal de contas, um carro pesado, dedicado a um público exigente e com um motor com índices de desempenho apenas normais não sei não,  mas não me cheirava bem.

Entrei no Focus e percebi que o novo toca-CDs não era o da Sony, mas um Visteon com entrada auxiliar e sem a opção de bluetooth. Não gostei, mas aos poucos fui reconhecendo as qualidades do carro.

É fácil encontrar a melhor posição de guiar, mesmo com o volante tendo apenas ajuste de altura. O banco vem com um tecido simples para a categoria, mas é confortável e ergonômico. Já o acabamento das portas é espartano e abusa do plástico duro.

Para tentar enganar um pouco a simplicidade o volante do carro é revestido com couro e vem com detalhes que imitam alumínio, assim como os puxadores da porta na versão GLX, a mais equipada com este motor.

 

Bom, mas vamos falar do motor que é essa a novidade. Para conferir qual é a vocação do Sigma nada melhor que a estrada. A rota escolhida é a  Rodovia Anchieta e sua série de curvas entre São Paulo e Santos.

O início da viagem foi feito no tapete da Rodovia dos Imigrantes e seu pedágio carísssimo. A 100 Km/h, o carro roda macio e os RPMs estão abaixo das 2,7 mil rotações, o que é um bom sinal.

A Ford afirma que o Focus 1.6l tem o menor nível de ruído da sua categoria. Aproveito a estrada sem trânsito para curtir o som do rádio. É bonito, vistoso, mas faz falta os comandos acoplados no volante.

O Focus vem equipado com computador de bordo em todas as versões, mas ele é mais básico que o do Fiat Palio. Pelo menos ele traz o essencial como autonomia e consumo médio.

 

Vejo a placa de saída para a Rodovia Anchieta. Não tenho dúvidas, ainda mais que o trecho de serra tem uma deliciosa sequência de curvas.

É nesse habitat que o Focus 1.6 fica divertido. O já famoso conjunto de suspensão, com sistema multibraço na traseira, é uma delicia. Trabalha duro quando precisa, não deixa o carro sair do chão e consegue ser suave quando se passa em um buraco, por exemplo.

Já a direção eletro- hidráulica (como no 2.0l) deu lugar a um conjunto mais simples e hidráulico. Mesmo assim, ela é direta. Só o volante é que poderia ser um pouco mais grosso para ficar melhor para segurar.

Para deixar o motor sempre cheio, a Ford encurtou a segunda e terceiras marchas. A boa notícia é que apesar de ter 16 válvulas, o Sigma trabalha num crescente e sem solavancos. O som que chega do motor é grave e instigante, porém pode cansar um pouco no dia a dia.

 

Com a chegada do motor 1.6l, o Focus passará a ter uma versão GL que chegará por R$ 49.900. Mesmo nessa configuração, o carro vem bem equipado. São itens de série ar-condicionado, duplo air bag, direção hidráulica, computador de bordo, travas e vidros elétricos nas portas dianteiras, faróis com ajuste de altura e rodas de liga leve de 16 polegadas.

Acima da versão GL ficará a GLX, que além do pacote de entrada traz vidros elétricos nas portas traseiras e detalhes externos pintados na cor da carroceria por R$ 51.400.

 Ainda como GLX, a Ford apresenta uma segunda opção que inclui os freios ABS com EBD. Nessa versão, o carro sairá por R$ 52.400. Não existem outros opcionais para o modelo.Faróis de de neblina ou sensores de estacionamento só poderão ser instalados nas concessionárias.

 

Com o Focus 1.6 flex , a Ford deixa claro para a concorrência que quer deixar o quarto lugar nas vendas da categoria. E atributos para chegar à liderança o carro tem.

Ele não é o mais equipado, não tem o maior motor, o melhor espaço interno, mas compensa com um visual super moderno, rodas aro 16 estilosas, o melhor conjunto de suspensão da categoria e acima de tudo um ótimo custo-benefício.  

É sim um carro pensado para atrair o público e vender bastante. Vamos ver  se na prática o plano da Ford dá certo.  

Anúncios

17 Responses to Teste Blogcarro: Ford Focus 1.6l 16v Flex hatch

  1. gabriel says:

    Belo teste! Qual vai ser o próximo? Uma dúvida: é aro 16 mesmo? Eu achava que o GLX 2.0 vinha com uma aro 15 (bem parecida com essa) e o Ghia vinha com 16…. Pela foto eu não consegui dizer…

  2. blogcarro says:

    Oi Gabriel, valeu pela força. Quanto a roda ela é sim aro 16 e está instalada em um pneu 205/55. Quanto aos testes espere até o próximo sábado. Posso adiantar que será um esportivo de fazer muito marmanjo babar.

  3. Kleberson Silva says:

    Ford Focus…
    Puta carro!
    Bom demais!

    Parabéns pelo post!

  4. Anderson says:

    Qual foi o consumo médio?
    Este focus do teste marcava qto de kilometragem?

  5. Rodrigo says:

    Qual foi o consumo ????

  6. blogcarro says:

    Pessoal, desculpa pela demora na resposta. O consumo foi de 5,2 km/l na cidade e 8,1 km/l na estrada. Sempre abastecido com álcool e sem economizar no pedal. Abraços.

  7. Érico says:

    Qual é a opinião no que diz respeito a motorização. Não seria melhor 8v substituindo os 16v ? motor 2.0 também será 16v ?

  8. Dr Futuro dono Focus says:

    Acho que o Novo Focus ficou fantástico tendo um otimo conjunto de itens de serie relacionados a segurança e conforto… no entanto pecou em alguns pontos que são lamentáveis como : nas versões GL e GLX não existe a opção de som com entrada USB e Bluetooh sendo que carros como KA e Ecosport que contam com o kit My Conection , outro erro é o piloto automático que fica cada vez mais necessário com o grande numero de radares espalhados por nossa vias, esse item só é disponivel na versão Guia junto com o controle de som no volante.. item que são de serie no C4 hatch ( deixando ele mais caro que os outro), mas a Ford como a grande empresa que é deveria dar essas opções para quem quiser pagar por elas sem ter que levar todo aquele pacote de itens do Guia e consequentemente seu preço muito elevado (comparado com New Civic , Corolla ). Ford dá Tempo ainda !!
    O Carro acabou de chegar no mercado…

  9. DENIS says:

    O que mais irrita é essa economia na tecnologia, como a não disponibilidade do “my conection”, já que é um Visteon e hoje esse artificio é de muita itulidade. Espero que a Ford esteja revendo essa situação!

  10. Alexandre says:

    Sem dúvida é um ótimo carro, porém a tecnologia não está a seu favor, com essa média de consumo, meu vectra gt, (monza hatch) 2.0 de 140cv, da pau no focus no consumo, faz 6km cidade alcool, sempre pe em baixo, alem de ter ar-digital, farol de neblina, abs,banco de couro, radio sd/bluetooth, saiu por 55 pila dez/09. Isso sim é custo/beneficio. Não apenas falar pros amigos q tem o carro mais moderno da categoria, e nao aguentar subir uma ladeira com 4 pessoas dentro.
    Abraço.

  11. Raul says:

    Bom o Alexandre diz o q o monza (vectra gt )dele da pau , da pau só se for em consumo pq , andar mesmo seu bem q o vectra eh mais fraco que a maioria dos carros até menosre … UAHUAHUA gm a pior rsrs

  12. Marcos Antonio says:

    Adoraria Fazer um teste:
    Porquer Focus é Focus

  13. Igor says:

    Estou pensando em comprar um Focus 1.6 GLX com ABS. Aqui na minha cidade (Itabuna-Ba) ta saindo por 54.900,00 já com todos os descontos. O carro é show, a matéria esqueceu de citar como pontos positivos: a garantia de 3 anos e revisão com valores programados, que acabam saindo mais barata que a de um celta 1.0 (meu carro atual). Os pontos negativos realmente me deixam com pulga atrás da orelha; Consumo, Baixa potencia para o tamanho e peso do carro e sistema de audio sem entrada USB nem SD. Depois de 2 anos usando pendrive no meu carro, nem sei se lembro como faz pra ouvir som usando apenas CD. Outro ponto positivo é o seguro, que pelo menos por aqui, tem valor menor que do gol 1.6. Passei na VW olhando uns carros e deu uma olhada no voyage 1.6 confortline, o carro é bem completo e tem bastante opcionais, (inclusive som com usb, bluetooth e cartão SD). Com ABS, vidro, trava, alarme e tudo mais, o voyage saí por cerca de 43000,00 (quase 12 mil a menos q o focus) Desvaloriza menos que o focus, mas só tem garantia de um ano, o que faz diferença pra mim q vou financiar em 3 anos. E ai, o que acha, vou em frente e pego o focus 1.6 ou a melhor opção é o voyage?

    • blogcarro says:

      Igor, tudo bem?
      Rapaz você colocou uma questão difícil de ser resolvida. Mas vamos lá. A proposta dos dois carros são bastante diferentes. O Voyage é derivado do Gol que é um modelo de entrada. Isso nos diz algumas coisas. Começando pelo espaço interno. Apesar de ser um sedã o interior é pequeno. Levar quatro pessoas, por exemplo, vai exigir paciência.
      A contrapartida disso é que ele custa menos e pode vir mais recheado, como você mesmo constatou.
      No caso do Focus, a bronca com relação ao motor foi mais porque se trata de um conjunto novo em que eu esperava bem mais do que ele apresentou. Mas não posso dizer que ele foi ruim, ainda mais se comparado com a concorrência. O espaço interno do Focus é melhor do que o do Voyage, mas também não é nenhuma sala de estar.
      Com relação aos equipamentos realmente é uma falha da Ford não tem bluetooth (que é uma mão na roda para não levar multas ao celular) e o CD player vem com entrada auxiliar, mas não dá para colocar um pen drive. Mas o Focus é mais carro que o Voyage na minha opinião. E por isso custa mais caro.
      Igor, espero ter ajudado. A decisão não é fácil. Depois, se quiser, deixe um recado com a sua decisão. Será importante para outras pessoas com dúvidas.
      Abraços,
      Blogcarro.

  14. Jefferson Carvalho de Oliveira says:

    O motor sigma 1.6 16v tem correia dentada ou corrente?

  15. M FERNANDEZ says:

    O que eu fico em dúvida e pelo que “escutei” falar, é que a desvalorização é grande na hora da revenda… outra coisa parabéns mesmo pelo teste ajuda e muito a decidir ou não pela compra!… eu depois de ler tudo detalhadamente e ser fã dos 2.0 (apesar disto) ficaria com o 1.6 já que me pareceu não ter tamanha discrepância frente aos posts… visualmente falando na minha opinião é o melhora carro atualmente entre os hatchs… sinto pela GM utilizar o motor do “guerreiro” MONZA no GTX pq ele seria uma outra boa opção de compra… abraços a todos!

  16. Murcio Ernesto da Silva says:

    não existe a opção de som com entrada USB e Bluetooh sendo que carros como KA e Ecosport que contam com o kit My Conection , outro erro é o piloto automático que fica cada vez mais necessário com o grande numero de radares espalhados por nossa vias, esse item só é disponivel na versão Guia junto com o controle de som no

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: